Clube Audio TT
Hoje é 
 Índice :

 ▶ Entrada

 ▶ O Clube

 ▶ Os Nossos Passeios

 ▶ Fottos

 ▶ Outros

 ▶ Novidades

 ▶ Links dos Sites Amigos

 ▶ Apoios

 ▶ Contactos


Site Meter

Número de pessoas que visitaram esta página !


Clube Audio TT

Todos os direitos reservados

2002 / ....


Esta página foi

actualizada em

30-Nov-2009

            Os Nossos Passeios ...

5º Passeio de 2009...

   

1º Passeio do Clube Audio TT "À Volta de Rates"

 

      A ideia já andava nas nossas cabeças há algum tempo, mas só agora se concretizou através da proposta do Barroso....   Tratava-se de ir explorar um pouco a zona de Rates que tem alguma tradição nestas coisas do Todo-Terreno.

      Passando do campo das ideias à prática, no dia 21 de Novembro, Sábado, lá se juntaram 22 jipes e mais de 50 pessoas para participarem no 1º Passeio do Clube Audio TT “ À Volta de Rates “.   De notar que tivemos a participação de um jipe e respectiva tripulação que era a 1ª vez que vinha a um Passeio TT, sendo de salientar que se comportaram bastante bem para quem não tem experiência destas andanças.

      Infelizmente, o tempo estava de chuva, tornando-se um bocadito desagradável para andar a passear por “maus caminhos”, impedindo que se fizessem as habituais paragens para tirar fotografias e para estar um bocado em amena cavaqueira.   Aliás, mesmo o habitual “Reforço da Manhã” foi bastante prejudicado com o mau tempo, uma vez que não havia nenhum local abrigado que permitisse a sua realização e acabamos por o fazer num campo de jogos onde a única protecção da chuva disponível eram as traves das balizas...   ;-)

      O percurso previsto para a manhã tinha uma extensão um pouco inferior a 30 Kms e misturava diferentes pisos:  terra, pedra, asfalto, paralelo e alguma lama.   Aliás, dado o tempo de chuva que já vinha igualmente de dias anteriores, estávamos um pouco  apreensivos sobre a lama que iríamos encontrar...

      Na realidade, a lama não foi de molde a criar dificuldades significativas, tendo o piso demonstrado que resistia bastante bem à chuva e oferecendo condições bastante razoáveis de tracção.

      Havia uma zona com um talude central bastante alto, que se pensava que pudesse criar dificuldades aos jipes mais baixos, mas toda a gente acabou por passar sem peripécias de nota. 

      A zona que acabou por colocar mais dificuldades foi mesmo um pequeno troço um bocadito mais “trialeiro” que obrigou a uma condução mais cuidada.  Houve também uma zona um bocado estreita que exigiu atenção redobrada para os jipes mais largos.

      Para terminar estas notas sobre a parte da manhã, quero referir que se é verdade que a lama não causou dificuldades, não foi por falta de água...  Na realidade uma boa parte do percurso parecia que tinha sido traçado seguindo o curso de ribeiros tal era a quantidade de água que os inundava...

      O almoço estava marcado para o Restaurante “ Os 3 Rapazes ” e correu muito bem.  A ementa começava com umas “Entradas”, bem servidas por sinal, continuava com a Sopa e depois com os “Rojões”, para terminar com a sobremesa ( fruta laminada diversa ) e o café.

      Quer a comida quer o serviço merecem nota claramente positiva, sendo ainda de realçar por ser pouco habitual, que quando chegou a altura de efectuar o pagamento tivemos a agradável surpresa de sermos informados que o custo ía ser inferior ao que tinha sido previamente acordado dado haver mais pessoas do que as inicialmente previstas e também dado não ter havido “exageros” nas bebidas.   Este é um bom exemplo que deveria ser seguido por outros restaurantes !...

      A etapa da tarde começou já quase quando o dia estava a acabar...  Agora, nesta altura do ano, escurece bastante cedo e nós acabamos por sair do restaurante quase às 5 horas da tarde....

      O percurso previsto constava de cerca de 22Kms de trilhos variados, sendo de prever que os pontos mais “quentes” estivessem reservados para 3 subidas um pouco mais exigentes, principalmente se estivessem um bocado escorregadias como se pensava que pudesse acontecer.

      Bem, como acabei de dizer já se pensava que pudessem haver algumas dificuldades, mas não estava verdadeiramente pensado que os 22Kms previstos se transformassem em um bocadinho menos de 6 Kms que demoraram quase 4 horas a percorrer !!!    Acresce ainda que dos quase 6 Kms, cerca de 4 eram de asfalto/paralelo !!!

      Ao chegar à primeira das tais 3 subidas, apareceram as primeiras dificuldades com vários jipes a não conseguirem subir, pelo menos à primeira tentativa.  Tratava-se de uma pequena subida, com uma curva à esquerda no final, mas que estava enlameada e que tinha bastantes valas causadas pela erosão da água que por lá tinha passado.

      Ao fim de algum tempo, de várias tentativas e com mais ou menos ajuda, todos os jipes acabaram por chegar ao cimo da subida.

      Algumas centenas de metros mais à frente aparecia a 2ª subida.  Desta vez tratava-se de uma subida um pouco mais longa, com um início relativamente fácil, mas que se “complicava” a partir de meio e que apresentava uma zona particularmente escorregadia a cerca de ¾  da distância.

      Os primeiros 3 ou 4 jipes ainda subiram sem dificuldades significativas.   Contudo, quando chegou a vez de um Discovery ( o tal que era a 1ª vez que participava num Passeio TT ), ele parou na tal zona mais escorregadia e depois já não foi possível fazê-lo subir pelos seus próprios meios.

      Daí para a frente, a maioria dos jipes teve de ser “levada ao colo” na tal zona mais escorregadia....   Para o primeiro que não conseguiu subir, ainda se utilizou um jipe com guincho para o puxar, mas as condições não eram muito favoráveis e concluiu-se que essa não era a opção a utilizar para outras viaturas que precisassem de ajuda.

      A solução foi mesmo empurrar os jipes a pulso, ajudando-os a ultrapassar a zona mais crítica.   Foi mais uma oportunidade para demonstrar o verdadeiro espírito de entre-ajuda que une os membros do Clube Audio TT !    As condições não eram as mais fáceis, mas não foi isso que fez desanimar os participantes que meteram “mãos à obra” e não pararam até que estivessem todos os jipes lá em cima.

      O último foi mesmo o “Amarelo”, que também resolveu querer ser “levado ao colo”, em vez de se portar bem e subir pelos seus próprios meios...    Dizem as “más línguas” que a culpa não foi do “Amarelo”, mas antes da aselhice do seu condutor...

     Ainda havia uma terceira subida para se (tentar) fazer, bem assim como os restantes 16 Kms, mas dado que já eram 9 h da noite, resolveu-se deixar isso para uma próxima oportunidade....  Fica assim um bom motivo para regressar a esta zona !

      Estava  terminado mais um dos nosso Passeios.  Tinha sido um dia longo, com parte nocturna e tudo, mas a satisfação era patente na cara dos participantes.  Mesmo para aqueles que ainda tinham apanhado um ou outro “susto” nesta tal subida final.

      Agora é esperar pelo próximo evento, que já está marcado e que será o habitual Passeio e Jantar de Natal do Clube Audio TT a decorrer em Dezembro.

  

Rui Martins

  

Clube Audio TT

 

  Página dos Passeios       

 

O verdadeiro TT pratica-se com respeito pela Natureza !

         

Entrada ┃ O Clube  ┃ Os Nossos Passeios ┃ Fottos ┃ Outros ┃ Novidades ┃ Links ┃ Apoios ┃ Contactos