Clube Audio TT
Hoje é 
 Índice :

 ▶ Entrada

 ▶ O Clube

 ▶ Os Nossos Passeios

 ▶ Fottos

 ▶ Outros

 ▶ Novidades

 ▶ Links dos Sites Amigos

 ▶ Apoios

 ▶ Contactos


Site Meter

Número de pessoas que visitaram esta página !


Clube Audio TT

Todos os direitos reservados

2002 / ....


Esta página foi

actualizada em

01-Abr-2010

            Os Nossos Passeios ...

1º Passeio de 2010...

   

6º Passeio Pela Região de “Barroso”

 

1º Passeio do Clube Audio TT de 2010

 

      Depois de algum atraso motivado por falta de disponibilidade do restaurante para nos receber, o dia 13 de Março acabou por ser finalmente o escolhido para o início das actividades do Clube Audio TT em 2010.

      Como já vem sendo habitual nos últimos anos, a bela região de “Barroso” iria receber-nos para este arranque. Desta vez o percurso seleccionado levar-nos-ia por “maus caminhos” de Montalegre até Vilarinho Sêco.

  

  

      Com a participação de 19 jipes e mais de 50 pessoas, o Passeio iria decorrer numa única etapa, estando o almoço marcado para a hora do lanche... ;-)   Sim, na realidade, o almoço estava planeado para ter início cerca das 4 horas da tarde ( o que veio a acontecer, tendo cumprido com rigor o horário previsto ! )

      Esta ligação entre Montalegre e Vilarinho Sêco tinha uma extensão de cerca de 50 Kms e contava com pisos variados, mas com poucos bocados em asfalto ou paralelo, abundando antes os trilhos pedregosos ou em terra e mesmo alguma lama num ou noutro pedaço.

  

  

      Havia várias zonas um bocadinho mais complicadas, fruto da existência de valas de tamanho significativo, de pisos duros com muita pedra e irregulares.  Havia ainda um pequeno ribeiro que tínhamos que atravessar a vau, com uma entrada um bocado inclinada e uma saída em areia. A parte final era feita por um trilho que dá acesso a Vilarinho Sêco e que é particularmente duro.  Não foi a 1ª vez que lá passamos, mas é sempre um “desafio” fazer este trilho.

      Fazendo justiça ao que acabei de escrever, o primeiro “atascanço”  aconteceu logo nos primeiros kms !...    Aliás, várias foram as pessoas que diziam nessa altura que se tinha “começado logo a sério”...

  

  

      É claro que este primeiro “atascanço” não foi o único.   Vários outros se foram verificando ao longo do trajecto, mas que foram sendo sempre resolvidos com maior ou menor esforço.

      Um destes “atascanços” aconteceu numa zona enlameada, pouco antes do local onde se fez o habitual “Reforço da Manhã”.  Este seguiu a tradição, com pão, queijo, fiambre, sumos, água, café e “café especial”  ( leia-se Favaios ).  Este “Reforço da Manhã” assumia uma importância acrescida dado o horário tardio que se previa para a realização do almoço.

      O local tinha umas vistas esplêndidas sobre esta região e nomeadamente sobre a albufeira do Alto Rabagão que se via ao longe.

  

  

      Se o percurso foi interessante na sua componente de “Todo-Terreno”, maior destaque merece ainda a beleza das paisagens que fomos tendo ocasião de apreciar.   Este aspecto é algo que marca um bom número dos nossos Passeios e que procuramos aproveitar sempre da melhor forma possível.

      A merecer referência igualmente foi o bocado que fizemos entre um muro em pedra à esquerda e um talude alto, também com pedras, à direita.  Este troço era particularmente estreito e acho que os jipes mais largos devem ter posto em uso os seus “sistemas secretos de diminuição de largura” para terem conseguido passar...   ;-)     Parabéns aos respectivos condutores pela perícia demonstrada !...

  

  

      Bem, após o tal trilho bastante duro que estava destinado a ser a última “dificuldade” que nos separaria do almoço e que acabou por causar mais um “atascanço”, lá chegamos a Vilarinho Sêco e à “Casa do Pedro” onde o seu proprietário nos esperava já com tudo organizado para o almoço que se seguiria.

  

  

      As “Entradas” com presunto, chouriça assada e alheiras igualmente assadas, acompanhadas do pão caseiro cozido em forno de lenha, “acalmaram” de imediato os estômagos mais  vazios.  A Sopa que veio de seguida reproduzia de modo fiel o bom sabor das “velhas sopas” que se faziam antigamente nas aldeias ( agora, por vezes, ainda se fazem, mas menos ... ).

      Contudo, a peça central do almoço era mesmo o “Cozido Barrosão” e o que nos foi servido honrou a tradição e a fama do mesmo.   Como sempre, o principal segredo está na selecção dos seus ingredientes utilizando apenas os de excelente qualidade.   As diferentes carnes, os legumes e até mesmo as batatas são claramente diferentes dos que se compram nos supermercados e afins !

      Para finalizar, havia a Sobremesa, bem assim como o café e um “digestivo” para quem quisesse.

  

  

      Infelizmente, depois de um dia em que o tempo tinha estado francamente bom, ainda que um bocado frio, este final de tarde trouxe a chuva e até um bocadinho de neve, que acabamos por apanhar já no regresso ao passarmos na zona de Alturas do Barroso.  Esta alteração do tempo acabou por ajudar a que as pessoas fossem mais rápidas a iniciar o regresso a casa.

      Em jeito de balanço final, e de acordo com o que foi escrito acima, acho que este foi mais um bom Passeio do nosso Clube e que as pessoas que nele participaram ficaram globalmente satisfeitas, não se arrependendo de ter dedicado este Sábado a vir passear com este grupo de amigos.

      Agora é esperar pelo próximo Passeio...

      Ele irá concerteza realizar-se lá para o final de Abril ou início de Maio e é provável que nos vá levar a conhecer zonas para onde não costumamos ir....   Mas isso ficará para uma outra Reportagem.

 

 

Rui Martins

  Clube Audio TT

 

  Página dos Passeios       

 

O verdadeiro TT pratica-se com respeito pela Natureza !

         

Entrada ┃ O Clube  ┃ Os Nossos Passeios ┃ Fottos ┃ Outros ┃ Novidades ┃ Links ┃ Apoios ┃ Contactos