Clube Audio TT
Hoje é 
 Índice :

 ▶ Entrada

 ▶ O Clube

 ▶ Os Nossos Passeios

 ▶ Fottos

 ▶ Outros

 ▶ Novidades

 ▶ Links dos Sites Amigos

 ▶ Apoios

 ▶ Contactos


Site Meter

Número de pessoas que visitaram esta página !


Clube Audio TT

Todos os direitos reservados

2002 / ....


Esta página foi

actualizada em

29-Jun-2010

            Os Nossos Passeios ...

3º Passeio de 2010...

     

1º Passeio A Caminho de Montalegre

 3º Passeio do Clube Audio TT de 2010

  

      Junho trouxe-nos mais um Passeio, o 3ºa ser realizado este ano e trouxe-nos igualmente o regresso da dupla Pedro Luís e Barroso na preparação destas actividades, nomeadamente na escolha dos trilhos a percorrer.  Nos primeiros anos de existência do Clube Áudio TT, o Barroso e o Pedro Luís foram uma das duplas que mais Passeios prepararam mas, entretanto, o Pedro Luís atravessou uma fase em que andou um bocado afastado do Todo-Terreno, deixando de ter uma participação activa no Áudio TT.  É com satisfação que o vemos agora regressar !

  

  

      Este 1º Passeio A Caminho de Montalegre foi realizado no passado dia 19 de Junho e, tal como o próprio nome indica, levar-nos-ia de próximo de Salamonde até Montalegre, por caminhos que não sendo os mais fáceis, foram bastante interessantes conjugando as diferentes vertentes que nos atraem enquanto adeptos da prática do Todo-Terreno turístico:  Trilhos com alguma dificuldade, paisagens bonitas e zonas menos conhecidas.

  

  

      O Passeio contou com a participação de 15 jipes e mais de três dezenas de pessoas, que se juntaram no ponto de encontro inicial prontos a passarem mais um Sábado na companhia deste grupo de amigos.

  

  

      A primeira parte do passeio decorreu do lado da margem esquerda do Rio Rabagão,  para a zona da Serra da Cabreira, fazendo-nos passar por dois ou três bocados mais complicados e exigentes em termos de capacidade de homens e máquinas.      Contou ainda com uma passagem pela aldeia de Espindo que tem uma zona particularmente estreita e onde as viaturas mais largas cabem mesmo ao certo, sobrando poucos milímetros de cada lado !

  

  

      A segunda parte levar-nos-ia pelo lado da margem direita, tendo atravessado o Rio Rabagão na Barragem da Venda Nova, em direcção a Montalegre.  Esta 2ª parte foi um pouco mais “rolante", principalmente porque incluía alguns estradões abertos ou reparados por causa da instalação dos aerogeradores das eólicas.

  

  

      Na verdade, sem estar a pretender colocar em causa este tipo de aproveitamento de energia renovável, a verdade é que as alterações que têm vindo a introduzir nos nossos montes e serras começam a ter um peso significativo e o impacto ambiental que causam será concerteza de tomar em atenção.  Isto mesmo sem levar em consideração o outro tipo de impacto que causam, desta vez de carácter visual !

  

  

      De qualquer modo, esta 2ª parte ainda nos brindou com algumas passagens um pouco mais exigentes e mostrou-nos um conjunto de paisagens muito bonitas, como aliás é apanágio desta região.  Com toda a certeza que as vistas sobre a albufeira da Venda Nova e, principalmente, sobre a albufeira do Alto Rabagão ficarão na memória dos participantes por longo tempo.

  

  

      Foi ainda nesta 2ª parte que tivemos o já indispensável “Reforço da Manhã”, com as coisas do costume, incluindo o “Favaios” que há cerca de 2 anos começou a marcar presença assídua nestas actividades gastronómicas de meio da manhã.

  

  

      Lá nos fomos aproximando de Montalegre, sem percalços verdadeiramente dignos de registo, uma vez que, com maior ou menor dificuldade, todos foram ultrapassando os desafios colocados pelo terreno nas zonas mais complicadas.

  

  

      Apenas como nota, de referir que o Carlos que é o nosso “mecânico particular” e que já tem salvo muita gente de azares mecânicos ( eu que o diga, que sou um dos que a ele tem recorrido ! ), foi desta vez o atingido...   Na verdade o Terrano I deu-se mal com a dureza do piso nalgumas zonas e acabou por permitir que uma das peças da suspensão traseira cedesse.  Mais uma vez lá teve o Carlos de colocar mãos à obra para resolver o problema, só que desta vez foi mesmo no carro dele...

  

  

      Chegados a Montalegre, lá fomos para o Restaurante Montanha onde nos iria ser servido o almoço, que era já tardio, tal como estava previsto desde o início.  Foi exactamente por se saber que iríamos almoçar a uma hora em que já é mais habitual estar a lanchar, que o Passeio terminava mesmo no almoço.

  

  

      Sobre o restaurante e o repasto que nos foi servido, o balanço a fazer tem obrigatoriamente de ser positivo, uma vez que a comida estava boa e foi servida com abundância.  As pessoas dividiram-se basicamente entre a Vitela Assada e o Bife Grelhado ( que era quase tipo Posta ) e quer uma coisa quer a outra estavam realmente boas.  Do ponto de vista do custo, também não tivemos razões especiais de queixa, situando-se este dentro dos padrões normais para o almoço servido.

  

  

      Em jeito de conclusão, direi que foi mais um Passeio agradável, dentro do que é habitual com o Clube Áudio TT, e em que o Pedro Luís demonstrou que quem sabe não desaprende tendo escolhido, em conjunto com o Barroso, um percurso bastante interessante, variado e equilibrado.

  

  

      Resta agora esperar pelo próximo Passeio, que já está a ser activamente preparado, e que irá decorrer em Julho. 

   

  

  

  

 

Rui Martins

  

Clube Audio TT

 

  Página dos Passeios       

 

O verdadeiro TT pratica-se com respeito pela Natureza !

         

Entrada ┃ O Clube  ┃ Os Nossos Passeios ┃ Fottos ┃ Outros ┃ Novidades ┃ Links ┃ Apoios ┃ Contactos